COMPARTILHAR

Socorro qual é a melhor ração premium para o meu cachorro ?

Alimentação canina é algo que nem todo mundo se preocupa muito. Mas, quando se pensa neste assunto muitas questões vêm à cabeça.

Quais os tipos de rações existem? E qual a melhor ração para o meu dog? Ração Premium ou Super Premium?  Qual a melhor dosagem devo dar ao meu cachorro?

Quantas vezes ao dia? Qual melhor horário?

Estas são, com certeza, perguntas que você já se fez em algum ponto da sua vida.

Mas também existem algumas outras questões que não podemos esquecer, como quais os alimentos mais recomendados para nossos cães, e quais os mais perigosos?

ração light para cães

Um assunto que sempre pega qualquer dono de cachorro desprevenido é o tal do osso.

E ai, o osso faz ou não faz bem ao seu cachorro?

Estas são algumas perguntas, quiçá as perguntas mais freqüentes.

Aquelas que sempre estão em pauta quando o assunto é a alimentação canina. O objetivo deste artigo é compartilhar com vocês algumas respostas a estas perguntas.

Mas é sempre bom deixar claro que o mais indicado e a melhor opção é sempre procurar um profissional adequado, um veterinário, alguém que possa te ajudar melhor.

Afinal, cada caso é um caso, e o seu cãozinho com certeza merece o melhor tratamento possível.

Antes de começarmos a conversar sobre os assuntos acima citados, devemos ter em mente que existem vários tipos de cachorros.

Isso é algo que parece óbvio, mas para algumas pessoas talvez não esteja tão claro assim.

Quando se pensa em alimentação canina, deve se levar em conta alguns aspectos em especifico. São eles idade do cachorro, porte do cachorro, e o nível de atividade exercida pelo seu pet.

Ou seja, a alimentação pode variar de acordo com a idade, tamanho e o tanto de atividade exercida pelo cachorro durante o dia.

Mas vamos ao que interessa!

Tipos de Rações Para Uma Boa Alimentação Canina: Ração Premium VS Super Premium!

No Brasil é muito fácil ter acesso a todos os tipos de ração para cachorros.

Podemos encontrar dos mais variados tipos de ração. Porém, a primeira coisa que se deve entender sobre os tipos de ração, é que são divididas em três categorias:

Rações Secas

Quando se trata de alimentação canina as rações secas são sem sombra de dúvida a opção mais comum e mais utilizada no Brasil. São vários os aspectos que fazem esta ser a opção mais utilizada. Afinal, é o tipo mais popular, e o de mais fácil acesso a toda a população.

Mas as rações secas são de fato a mais recomendada para seu cachorro adulto, pois possuem todos os nutrientes necessários para atender todas as necessidades do seu pet.

Além de serem de fácil manuseio e muito fáceis de se guardar, as rações secas fazem muito bem aos dentes dos cães e também ajudam com que os mesmos façam fezes mais firmes.

Não podemos deixar de citar o fato de que por serem mais comum, mais populares, as rações secas também tem um preço mais em conta.

ração premium

Rações Úmidas

Esta opção de ração é muito mais recomendada para filhotes a partir dos 45 dias de vida, pois é quando o filhote deixa de se alimentar do leite materno e passa a ter a necessidade de se alimentar de outras formas.

A alimentação canina feita através das rações úmidas se encaixam melhor neste momento da vida de seu cachorrinho.

Afinal, ele ainda não possuí dentes muito resistentes, não poderia mastigar direito uma ração seca, por exemplo.

As rações úmidas, podem ser encontradas em duas formas mais comuns, enlatadas ou em sachês.

Os cachorros costumam preferir a ração úmida por ter um pouco mais de paladar, por serem mais saborosas que as rações secas.

Enquanto as rações secas podem ter sabores variados que vão de carne, frango a vegetais e legumes; as rações úmidas são mais facilmente encontradas em apenas duas opções de sabores, frango ou carne.

Não são apenas os filhotes que consomem as rações úmidas, em alguns casos cães adultos podem ser recomendados a consumir este tipo de ração por fins terapêuticos, por terem algum problema de saúde.

Em resumo, tente não utilizar da ração úmida como fonte principal da alimentação canina de sua casa.

Apesar de serem mais saborosas, elas não são tão saudáveis quanto a seca, e podem ser prejudiciais ao seu cãozinho.

alimentação natural para cães

Alimentação natural para cães

As comidas caseiras são uma ótima fonte e forma de alimentação canina.

Entretanto, existem alguns cuidados que devem ser tomados.

O que se entende de alimentação natural para o seu cachorro não é simplesmente dar o resto de comida que sua família não irar mais comer.

Na verdade, caso opte por esta opção na hora de alimentar seu cachorrinho, muitos são os cuidados que devem ser tomados.

Primeiramente você deve conhecer quais as opções de comida natural um cachorro pode comer. (Falaremos de alimentos recomendados mais abaixo) Após escolher a opção ideal para o seu cachorro, um bom preparo é essencial.

A comida do cachorro deve ser preparada da mesma forma que preparamos a nossa comida, com zelo, higiene e muita cautela.

Quando for preparar o alimento para seu cachorro deve se ter em mente muitas coisas importantes, como um armazenamento adequado para que a comida não estrague, o hábito alimentar de seu pet e todos os nutrientes necessários para um bom metabolismo.

Isso pode variar de idade, tamanho e raça, e é por esse motivo que o aconselhado é conversar com um veterinário antes de começar a preparar comida caseira para seu cachorro.

Estas são os três principais tipos de alimentação canina que existem. Mas ainda é preciso se preocupar com um detalhe. Ao comprar a ração, é importante conhecer quais são os tipos de ração mais comuns.

Em um supermercado ou Loja de Ração é muito comum encontrar rações estocadas em um grande contêiner aberto, no qual você compra a ração de acordo com a quantidade necessária, geralmente ao quilo.

Estas são as rações mais comuns, mais baratas e consequentemente mais populares. Contudo, o fato de ser a ração mais popular não significa que é a alimentação canina mais recomendada para seu dog.

ração quatree

Neste tipo de ração geralmente é utilizado subprodutos de matéria-prima como o milho e a soja, entre outros. Porém, um cachorro necessita de alimentos que tenham origem animal, afinal, nossos amiguinhos são carnívoros.

Então nem sempre a ração mais popular vai conseguir atingir o nível de nutrientes necessários que um cachorro precisa ingerir diariamente.

Outro tipo de ração que é bem popular, no entanto um pouco mais cara, são as rações padrão. Aquelas mais comuns e famosas.

Rações que levam um marca, que aparecem na televisão, em comerciais e as quais podemos lembrar alguns nomes sem fazer muito esforço.

Estas rações são melhores do que as sem nome, sua fabricação é feita pensado em atingir um nível de qualidade melhor para o cachorro.

Todavia, ainda não se pode dizer que é a opção ideal para o seu cãozinho. Para diminuir no custo final do produto, muitas delas contem nutrientes que são mais difíceis de serem processados pelo sistema digestivo do seu cachorro.

Caso estejam dispostos a pagar um pouco mais com alimentação canina em sua casa, sem dúvidas, os produtos de melhor qualidade é a Ração Premium e Ração Super Premium.

Estas duas são feitas com o pensamento único em satisfazer as necessidades nutricionais de seu cachorro, o que fazem delas um pouco mais caras, mas de melhor qualidade com relação às outras.

As melhores marcas de rações Super Premium são: 

  • Biofresh
  • Hill’s
  • Royal Canin
  • Pro Plan
  • Guabi
  • Premier
  • N&D
  • Cibau
  • Eukanuba
  • Proplan
  • Pedigree Advanced
  • Vital Can Pro
  • Pet Delícia (Alimentação Natural)

As melhores marcas de rações Premium são: 

  • Baw Waw
  • Golden
  • Performance
  • Dog Chow
  • Naturalis
  • Vitalcan
  • Foster
  • Gran Plus
  • Vitta Natural

ração pedrigree

 

No Brasil as marcas de rações mais comuns entre os donos de cães são:

  • Pedigree
  • Quatree
  • Herói
  • Faro

São rações, que baseadas no que foi dito anteriormente se encaixariam na opção de rações padrão. Não são as melhores, mas com certeza também não são ruins, e são mais em conta para o bolso do dono.

Perguntamos a uma veterinária quais as marcas de rações que na opinião dela eram as melhores marcas do Brasil. E sua lista foi a seguinte:

  • Royal Canin
  • Cibau
  • Ecopet
  • Hills

Para que seu cão se alimente destas rações o seu investimento vai ser um pouco maior, no entanto será bem gasto!

Nosso objetivo não é fazer propagandas para nenhum tipo de ração, apenas lhe dar um norte com relação as rações existentes no mercado.

Cabe a você pesquisar bem e encontrar a ração que mais se identifica com o seu cachorro. Afinal, cachorros são como pessoas, ou seja, são diferentes e de paladar diferente.

Um sabor ou tipo de ração que seja bom para um cão, pode não ser para outro.

Dosagem, Horário, Quantidade

Agora já sabemos um pouco mais sobre os tipos de rações existentes, é muito importante saber quando alimentar seu cão.

Qual é a melhor forma para a alimentação canina. É importante frisar, mais uma vez, que não existe uma fórmula cientifica, tudo depende e varia de cachorro para cachorro, mas tentaremos falar em geral como se deve levar a alimentação canina.

Vamos tentar conectar a dosagem de ração com o melhor horário para alimentar o seu pet e também a quantidade de vezes ao dia que deve-se alimentar um cachorro.

A dosagem vai depender do tamanho, raça e do nível de atividades exercidas pelo seu cachorro.

Cachorros maiores e/ou que se movimentam mais vão precisar consumir mais calorias do que cachorros pequenos e/ou que não se exercitam tanto.

Não se esqueça de que na embalagem da ração você consegue encontrar as recomendações de dosagem. O que pode facilitar na hora de alimentar o seu cachorro.

Caso esteja em dúvida ou não acredita que a dosagem que você está usando seja suficiente, não deixe de consultar um profissional.

Lembre-se que estamos falando do seu cachorro, ele faz parte da família, então toda preocupação e cuidados são necessários. Afinal, não conseguimos viver sem eles!

Filhotes após a desmama, o que geralmente ocorre a partir dos 45 dias de vida, tem a necessidade de consumir mais calorias e nutrientes do que um adulto. Procure dar ao seu pet a melhor ração para filhotes, assim ele crescerá forte e saudável! 

Afinal, eles estão em fase de crescimento. Contudo, procure ser regrado ao alimentar seu filhote de cachorro, pois filhotes ainda não conseguem regular sua alimentação, e ração em excesso pode não fazer muito bem ao pequenino!

ração para filhotes

Procure alimentar o seu filhote entre 4 a 6 refeições diárias, variando de filhote para filhote. Tente alimentá-lo de forma bem definida, manhã, tarde e noite.

A ideia é que aos poucos, e com o acompanhamento adequado, se consiga diminuir de 6 refeições diárias para apenas 2 ao dia.

Cachorros adultos, ou seja, cachorros com mais de 1 ano de vida, devem se alimentar apenas duas vezes ao dia. Uma refeição na parte da manhã e outra à noite.

Entenda que é muito importante que você não deixe a ração, ou o alimento, durante todo o tempo à disposição do cachorro.

A alimentação canina deve ser regrada, deixando o alimento à disposição do cão 24h por dia, pode ser muito prejudicial à saúde do seu amigo.

Pode levá-lo a obesidade e/ou outras doenças. Assim como nós não comemos o dia todo, também nossos pets devem ter horários bem definidos para se alimentar.

Já sabemos quantas vezes ao dia, e até quais os melhores horários do dia para alimentar nosso melhor amigo. Mas qual a quantidade adequada de ração devemos deixar à disposição dos nossos cachorros?

Estamos prestes a descobrir!

Não se esqueça que os valores encontrados aqui, são uma média. Iremos dividir os cães em três categorias:

  • Pequeno porte
  • Porte médio
  • Grande porte

Um cachorro de pequeno porte geralmente pesa até 10kg, um Yorkshire, por exemplo; já o cachorro de médio porte tem entre 11kg até aproximadamente 25kg, como um Bulldog ou Chow Chow; enquanto um cachorro de grande porte pesa acima de 25Kg, assim como um Pastor Alemão.

ração animal

Sabendo disso vamos entender qual é a quantidade indicada de ração para que seu dog esteja bem alimentado.

  • Cachorros de Pequeno Porte

Um cachorro de pequeno porte que tenha baixa atividade diária deve consumir entre 110 à 620 calorias por dia. Caso tenhas um cachorro que seja mais ativo porém não muito, a quantidade indicada é de aproximadamente 125 à 700 calorias por dia. Se o seu pet é muito ativo, o recomendado é que ele consuma entre 150 e 840 calorias por dia.

  • Cachorros de Médio Porte

Um cachorro de médio porte que não pratique muitas atividades durante o dia deve consumir de 620 à 1230 calorias por dia; caso seu pet não seja muito ativo, mas também nem muito parado, o recomendado é consumir entre 700 calorias e 1400 calorias por dia. Agora, se o seu cão não para um minuto, caso ele seja muito ativo, faça com que ele consuma entre 840 e 1680 calorias por dia.

  • Cachorros de Grande Porte

Se o seu “cachorrinho” é mais acomodado e preguiçoso, ele precisa consumir pelo menos 1230 calorias por dia; caso ele goste longas caminhadas no bosque, o melhor é que seu cão consuma 1400 calorias diárias, no mínimo. Agora se seu cachorro não para, gosta de pegar o frisbee, a pedra, a mosca, o vento! Caso ele seja muito ativo, é necessário que ele consuma mais do que 1680 calorias por dia.

Lembre-se que estamos falando de cachorros adultos, caso seu cão já esteja alcançando a melhor idade, caso ele esteja ficando velhinho, o tipo de alimentação e a quantidade vai variar um pouco.

Um cachorro de pequeno porte é considerado velho quando está entre 9 e 10 anos, e o mesmo deve consumir entre 100 e 560 calorias por dia.

Já um cachorro de médio porte é considerado velho quando alcança os 7 – 8 anos de vida, e seu consumo diário deve ser de no mínimo 1200 calorias por dia.

Assim como os cachorros de médio porte, os de grande porte são considerados velhos a partir dos 7 anos de idade, e devem consumir entre 1200 e 1880 calorias por dia.

Alimentação canina é uma das tarefas mais importantes do dono. Procure se informar melhor sobre quais as melhores formas de alimentar seu cão, para que ele possa ter uma vida longa e saudável.

Alimentos Nocivos vs Alimentos Recomendados

Muitos são os alimentos que consumimos diariamente. E por termos nossos cachorros aos nossos pés em baixo da mesa, ao nosso lado no sofá, em cima da gente na cama, temos a tendência de oferecer um pouco do que estamos comendo para nossos amigos.

Mas, nem tudo o que consumimos é recomendado para cachorros. Abaixo uma lista de alguns dos alimentos mais comuns que donos dão a seus pets.

Sabia quais são mais recomendados para os seus cachorros, mas principalmente, saiba quais são proibidos, nocivos à saúde do seu cachorro.

ração natural para cães

  • Alimentos Perigosos

Leite e derivados: Nós Seres Humanos, somos o único animal que consome leite de outras espécies. Ou seja, o único leite bom para um cachorro é o leite materno.

Carne Crua: O ideal é que a carne esteja bem cozida para evitar a contaminação por bactérias.

Chocolate: Não deixe que aquele olhar te derreta, seu cachorro não sabe o quão nocivo um chocolate pode ser a ele.

Uva ou Uva Passa: São muito prejudiciais à saúde do cachorro e podem levar até ao óbito.

Pipoca: Pipocas podem levar à asfixia. Não dê pipoca ao seu dog.

Pimenta e sal também são muito prejudiciais ao dog.

 

  • Alimentos Recomendados

Vegetais como Espinafre, tomate e tantos outros são ótimos para o cão. A recomendação é a cenoura, pois ajudam a ter pelos saudáveis, bom para as vistas, regula o aparelho digestivo e o sistema nervoso e ainda é ótima para a saúde bucal. Dê cenoura a seu cachorro.

Carboidratos como arroz integral, batata doce e aveia também são recomendados aos cachorros.

– Quase todo tipo de carne é recomendado, com tanto que não haja osso e que seja bem preparada.

Frutas também são excelente, lembre-se apenas de tirar as sementes e caroços.

O importante é que seu cachorro tenha uma refeição balanceada e bem variada, pois os efeitos de uma boa alimentação são muitos e afetam desde a saúde do seu cachorro até o seu peso.

Caso opte pela alimentação natural procure preparar tudo voltado ao seu cachorro. Não o alimente com comida de humano.

Pros e Contras em dar Osso Ao Seu Cachorro

osso cão

Deixamos este tópico por último pois é algo que todos os donos sempre se perguntam. Afinal, pode ou não dar osso aos nossos cachorros?

Não é proibido dar ossos aos cães, na verdade é até recomendado, contato que alguns cuidados sejam tomados.

Dessa forma seu dog pode se divertir, distrair e até limpar os dentes de forma tranqüila e segura.

A primeira coisa a se saber é que ossos de galinha não são recomendados. Na verdade, não dê ossos de aves alguma a seu cachorro, pois estes pode se partir facilmente e machucar tanto a boca quanto algum órgão interno do seu cão.

Procure dar ossos maiores para que eles possam se divertir com segurança. Não dê ossos cozidos aos cachorros pois podem ser mais perigosos, sempre dê ossos crus à eles.

O importante é que não se deve dar ossos e deixar o cachorro sozinho por muito tempo com o mesmo.

Pois com o tempo ele pode quebrar o osso em menores pedaços e estes menores pedaços podem ser prejudiciais, fazendo-o engasgar ou até mesmo prejudiciais como os ossos de galinha.

Esteja sempre por perto, pois assim, caso seu pet venha a engasgar você estará lá para ajudar.

Em resumo, dê osso ao seu cachorro sim. Mas, não dê qualquer osso e policie seu dog para que ele esteja sempre em segurança enquanto estiver brincando ou roendo o osso.

amigo fiel cachorro

Conclusão

Não há nada melhor do que ter um cachorro, seu amigo mais fiel e leal.

Mas é importante saber que a alimentação canina é tão importante quanto a alimentação humana.

Lembre-se de alimentar seu cachorro da melhor forma possível, para que ele tenha uma vida longa, saudável e duradoura ao seu lado.

Afinal, não há nada melhor do que chegar em casa e ouvir aquele latido e ver aquele sorriso de felicidade do seu cachorro.

Cachorros são amigos para a vida toda, e se importam de verdade com seus donos, se preocupe com seu cachorro da mesma forma, ele não é apenas um animal de estimação, é seu companheiro, parceiro para todas as horas, seu amigo.

6 Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA